quinta-feira, 27 de outubro de 2011

GIFs divertidos!


Há tanto tempo que não venho por aqui, muuuuuuuuuuitas saudades e sem tempo. Mas, está valendo pelo menos esses gifs para darmos umas risadas boas né? Curtam!

Fofoooo demais!!! Queria cada um desses rsrsrs

Esse eu queria muuuuuuuuuuuuito gente!!!! Fofo, fofo, foooofooo ^^

Sapeca!!!

E esse riso gostosoooo??? rsrsrs
Gente, vou arrumar um tempinho para voltar a postar matérias aqui, sinto saudades. Até breve!


Beijos, Deus abençoe todos que visitam nosso Amor em Latidos!

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Mimar demais, faz mal!

Olinda ainda bebê, a yorkshire da minha prima Michelly. Ela não é mimada gente rsrsrs é bem comportada.
              
               Adoramos mimar nossos cãezinhos, muitos exageram com roupas, sapatos, comida nada saudável... e por aí vai. O maior problema é achar tudo muito bonitinho no comportamento deles, se eles fogem corremos atrás como se estivéssemos brincando, se eles rasgam algo não fazemos nada e simplesmente aceitamos como um fato legal. Mimar demais nossos peludos é na certa ter um cão problemático, veja no vídeo abaixo o que o César Millan nos orienta a fazer na educação de um cão dominante e sem limites:


               Não esqueça! Você tem um animal em casa, um peludo e não devemos agir como se ele fosse um ser humano. Até seres humanos sem limites tornam-se problemáticos e difíceis de se conviver, siga as regras do mestre César Millan O Encantador de Cães e você vai perceber o quanto as coisas vão melhorar com o seu amigão!

sábado, 13 de agosto de 2011

Eu indico!



"Um cachorro não precisa de carrões, de casas grandes ou roupas de marca... um graveto está ótimo para ele. Um cachorro não se importa se você rico ou pobre, inteligente ou idiota, esperto ou burro... dê seu coração pra ele e ele lhe dará o dele. De quantas pessoas você pode falar isso? Quantas pessoas fazem você se sentir raro, puro e especial? Quantas pessoas fazem você se sentir extraordinário?"

              Gente, aaiiii... acabei de assistir esse filme e estou emocionada. Vale a pena, eu sempre ficava naquele de: - Tenho que ler o livro 'Marley e eu'... tenho que ler... e nada. Meu maravilhoso esposo me trouxe o filme e claro, assistimos juntos. É realmente fascinante e inexplicável o amor e amizade que temos com esses peludos. Assistam!   

               Beeeeeijos, logo voltarei a postar aqui.

segunda-feira, 11 de julho de 2011

EU VOLTO!

Zumba! #LINDO
              Não. Eu não esqueci nem abandonei nosso AMOR EM LATIDOS! Nunca faria isso rsrsrsrs.
           Gente, minha vida está muito 'corrida', mas garanto que estou preparando matérias interessantes e educativas para nós e nossos peludos, logo divulgarei e estará lindo e atualizado nosso blog.

              Eu também estou com saudades daqui!

              Beeeeeeeeijos!

domingo, 19 de junho de 2011

#curiosidade - PORQUE ELES ENTERRAM OSSOS?

(Imagem do google)

             Você já se perguntou porque dar um osso ao seu peludo na maioria das vezes ele corre para enterrá-lo? Pois é, essa semana dei um osso pra o Zumba à orientação do Drº Jhonatas Gueiros para diminuir o tártaro e ele simplismente enterrou o osso em algum lugar do quintal. Meu marido me olhou e disse: - Você sabe porque ele enterrou o osso? - rsrsrs - E vim pesquisar na nossa querida net essa curiosidade.

          Segundo o site Mundo Estranho da editora abril, eles parecem ter herdado esse comportamento dos seus ancestrais, os lobos, que por uma questão de sobrevivência enterravam o que sobravam das presas como prevenção de escassez da caça. É o que acontece com os pets  quando não querem comer o osso naquele momento que damos, eles enterram na intenção de esconder pra depois comer, principalmente se eles têm companheiros de território. 

          Além de ossos, os cães também costumam enterrar alguns objetos de brinquedo, já reparou? Realmente é um comportamento herdado geneticamente. Portanto, não repreendam seus peludos ao verem eles querendo cavar algum buraco no quintal, é genético! 

kkkk Guloso! (imagem do google)

sexta-feira, 17 de junho de 2011

HISTÓRIA DA PEREBINHA (LOLITA KIARA MARTINS)

por Luciana Martins Donza


Perebinha (Lolita)



          A Perebinha invadiu a minha vida num momento muito conturbado, eu tinha acabado de enfrentar uma enchente, (abril de 2009), que deixou a minha casa com meio metro d’água, tinha perdido um emprego e já tinha em casa 6 gatos e 2 cadelas. Agora, você pode imaginar que não era momento para ter outro cão.

Enchente vista do alto da casa da Luciana
Teria como negar esse olhar tão meigo? Nunca!
          Foi em junho do ano passado (2010), eu estava indo trabalhar (sou professora de idiomas)  à noite.  E, por aqui, na minha cidade (Araruama), temos muitos problemas de transporte e naquela noite não foi diferente. A rua é mal iluminada mas percebi que um cãozinho estava me seguindo;  nesta hora,  meu telefone tocou, era minha irmã e falei para ela sobre o cãozinho. Como já tinha 2 cadelas (uma poodle – 7 anos e uma lab de apenas – 10 meses), ela me disse: “Nem olha, Lu”rsrs.

           Mas a condução não aparecia, fiquei esperando, e o cãozinho ao meu lado, sentado, me olhando. Peguei o celular, liguei para meus alunos e cancelei a aula por falta do transporte. E , voltei para casa, e o cãozinho atrás de mim. E agora? Pensei,  o que vou fazer?


Linda!
          Cheguei ao portão, e sem pensar,  peguei o celular e chamei minha filha para me ajudar, pedi para ela trazer uma toalha, pois não poderia entrar com o cãozinho, não sabia se estava doente, não dava para ver direito; e também tinha que protegê-lo da Yasmin.
Perebinha ainda com sarna
Quando entrei,  minha filha Mariana e eu examinamos o cãozinho e vimos que era uma cadelinha e que estava mal, desnutrida, lotada de carrapatos e pulgas, mal cheirosa e com a pele bem machucada. Primeiro passo, alimentar e depois, dar um banho e catar.
De início, ela ficou sem nome, depois, Mariana veio com um tal de Lolita Kiara Martins...mas ficou mesmo Perebinha...rsrs. No dia seguinte, veterinário, e ficou constatado SARNA, bom, foram meses de banhos em dias alternados, tratamentos, e, ela melhorava e tinha recaídas, foram 2.
          
          Em nenhum momento, pensei em dar a Perebinha para adoção. Havia o perigo de transmissão aos outros animais mas a deixamos presa em casa durante um mês pelo menos, sem contato com os outros; e graças a Deus, todos ficaram bem.

Perebinha e Yasmin. Liiiiindas!
          Hoje, a nossa Perebinha é uma sapeca! Ficou com algumas cicatrizes, dá para notar pois o pêlo é curto mas é lindinha. Adora lamber, pula muito alto (pula a janela, sai e entra de casa a hora que quer), brinca o tempo todo com a Yasmin, são grandes amigas. A sarna dela é um problema que temos que estar sempre vigilantes, mas a saúde, em geral, é muito boa. O melhor de tudo é que encontrei uma companheira, me segue para todos os lados, é muito amiguinha e me agradece o tempo todo. Valeu e vale a cada minuto todo o esforço, toda a dedicação que tenho aos meus animais, todos eles, sem exceção, são adotados e meu orgulho disso.


Família quase completa (:
Yasmin olhando a enchente
          Yo: Fiquei muito feliz em postar aqui no nosso Amor em Latidos mais um exemplo de amor pelos cães abandonados. Parabéns Lú, por toda sua dedicação com esses peludos que você com todo amor adotou, que Deus te abençoe grandemente para que continues transmitindo para as pessoas esse exemplo tão valioso de atitude à adoção de cães abandonados!

quarta-feira, 15 de junho de 2011

ARRASTA-PÉ RUIM PRA CACHORRO!

(Imagem do google)

            O mês de junho é arretado de bom, né não? Confraternização, fogueira pra esquentar, forró danado de bom daquele arrasta-pé pra dançar quadrilha, pamonha – ai gente, a melhor pamonha que já comi na minha vida é a que a minha concunhada Cilene faz -  milho assado, canjica... e chega! É muita comida boa que só traz uns quilinhos extras – rsrsrs -.

                Bom, tudo isso é maravilhoso pra gente se divertir, maaaaaas... sempre tem o “mas”. Tadinho dos nossos peludos, são os fogos de artifícios que tiram o sossego deles nessa época do ano, alguns correm pra se esconderem em algum cantinho arfando sem parar, batimentos cardíacos acelerados, alguns chegam até a salivar excessivamente, ficam sem comer, beber, latem em direção ao barulho e é um latido de dar dó, enfim, eles sofrem, ficam nervosos e sinceramente não tem muito o que se fazer não. Eu estava um dia na casa da minha sogra e era final do campeonato pernambucano, haaaaja fogos de artifícios para os torcedores – acho que mais do Santa porque foi Campeão -  e de repente o Fluck pastor alemão que ela tem, começou a desesperadamente morder a grade do portão do quintal pra entrar na casa. Mesmo quando eu abri a grade pra ele entrar de nada adiantou, ele não se acalmou, tremia muito, tudo isso por medo do barulho dos fogos.
                
            A maioria dos cães são assim, o que importa é continuarmos dando carinho e tentarmos acalmá-los nesse período junino os distraindo com as brincadeiras que mais gostam, eu estava passeando pela net e encontrei um site bem bacana que vende CDs para treinamento da ‘dessensibilização’ dos nossos pets em relação a barulhos estrondosos. O que está valendo para o momento é sobre fogos de artifícios, acessem esse link aqui óh: http://www.bitcao.com.br/description.php?II=26 , nele para quem se interessa, vocês podem encontrar CDs do Programa de Dessensibilização especialmente para este assunto que estamos tratando neste post.
                
                Para os demais peludos que além do barulho dos fogos têm medo até do som de uma folha seca que cai no chão, abaixo um vídeo - ele não poderia ficar fora de um post assim né? - com o Querido César Millan, O Encantador de Cães:



          Boa sorte para nós com os peludos nesse período de muita festa e fogos de artifícios!

quinta-feira, 2 de junho de 2011

PROBLEMAS COM SEU CÃO NA COLEIRA?

                 


               Geeeeente! Perdoem-me mais uma vez a ausência no nosso blog, é que essa semana está bem 'corrida' para mim - vida de publicitária + dona de casa, me entendem? rsrsrs -, mas vim aqui pra postar algo rapidinho e interessante para nós. Vamos lá:


               Ele fica todo animado quando você pega a coleira, chega a parecer que vai ser um passeio tranquilo e divertido, mas é só colocarmos os pés e eles as patas fora de casa que começa toda a bagunça. Ficam irritados com outros animais, crianças - já percebeu que tem cachorro que não gosta de crianças? - querem fazer tudo do jeito deles, praticamente eles que te levam para o passeio. 
               
              Problemas desse tipo são bem complicados e devem ser resolvidos o quanto antes, caso contrário, você terá sempre um cão problemático e os passeios podem se tornar inviáveis. Você deve ser o líder e mostrar isso ao seu pet!

               O Queridíssimo mestre César Millan - O Encantador de Cães - nos mostra isso com exercícios que podemos praticar com nossos amigos peludos e acabar com esse problema da coleira. Assistam no vídeo abaixo:


               Sabe agora como agir? Eu testei com o Zumba, porque sempre que saia para passear com ele, realmente ele que me levava ao passeio e eu não estava sendo a líder. Depois disso senti ele mais tranquilo, sem ansiedade e o passeio ficou mais prazeroso. Lembram de quando falei aqui em um post sobre Cães Anti-sociais que em alguns casos o adestramento têm que ser com nós donos? Pois é, mais uma vez está comprovado - rsrsrs -, quem tem a oportunidade de acompanhar a série O Encantador de Cães nos canais fechados Discovery e Animal Planet aprende muito com o César Millan, eu como sou fã desse cara vou continuar dividindo com vocês aqui esses vídeos. 
               Abaixo foto do meu Zumba:

Fofo e Lindo!

sexta-feira, 27 de maio de 2011

VAMOS ADOTAR UM PELUDO?

Ai que vontade de te levar pra casa! ): (Imagem do site msn)
          Esse post é dedicado ao pessoal que ama pets na querida cidade de São Paulo.  No centro de Zoonoses na rua Santa Izabel, 181, Vila Buarque, você pode fazer um peludinho desses aí na foto acima muuuuuito feliz, dando à ele a chance de ter um lar! Estarão em média 350 animais disponíveis na Festa da Adoção - um evento que é promovido pelo órgão - com uma novidade que eu achei o máximo: TEST-DOG. Legal né? Você poderá fazer um test-drive com o cão, um passeio pelas dependências do CCZ para sentir se rola afinidade entre vocês.
                
EU AMO CACHORROS!!! (Imagem do site msn)
          Não importa que raça ele será, o que vale na realidade é você amar de todo coração esses amigos tão fiéis. Lembrem-se que por vezes, temos que ter paciência com o cãozinho, pois sabemos que muitos sofreram maus tratos e foram abrigados no CCZ graças a pessoas que tomam a iniciativa de denunciar.

Oww que carinhas tão meigas! (Imagem do site msn)

          Esses pets no CCZ recebem vacinas e vermífugos, são castratos, microchipados e ganham até a RGA - o RG do animal - por isso, existe uma taxa simbólica para a adoção de R$ 15,25 para cobrir esses gastos. Os interessados em adotar devem ir munidos de coleira para os cãezinhos e quem gostar de gatos, uma caixa para transporte, documentos pessoais e comprovante de residência.
                  
Anjos do CCZ (Imagem do site msn)
           Quero aproveitar para parabenizar o governo do estado de São Paulo e toda a equipe CCZ que dedicam-se para recuperar esses bichinhos inocentes, muitos que já sofreram maus tratos, outros abandonados. Na foto eles parecem felizes demais, sinal de que são muito bem tratados por vocês!
         Deus os abençoe grandemente para continuarem com esse trabalho exemplar. Queria eu - e acredito que muitos - que aqui em Garanhuns pudéssemos ter um Centro de Zoonoses que cuidasse, recuperasse e incentivasse a adoção de cães e gatos! 

Quem resiste a esse olhar? (Imagem do site msn)

quarta-feira, 25 de maio de 2011

ALIMENTAÇÃO NATURAL

Um sorriso lindo e meigo em favor da Alimentação Natural! (Imagem do Google)

                         Acredito que vocês já tenham ouvido falar a respeito de uma Alimentação Natural para cães, eu andei pesquisando e várias são as opiniões. Alguns veterinários indicam, outros não, mas o que importa mesmo é a maneira como o organismo do seu cão vai reagir com essa novidade que cá pra nós, muitos donos já alimentam seus pets com AN há muito tempo e nada de mal acontece. Para quem não sabe, a AN é para excluir do cardápio do seu cão rações que sabemos que são ricas em químicas e conservantes, aderindo a um cardápio natural que inclui ingredientes frescos e naturais.
                
                  Para nossos peludos já temos em mente: RAÇÃO! Mas isso vem mudando e muito, principalmente porque os que são adeptos a AN para seus cães repassam para amigos e fortalecem essa iniciativa. Vale à pena fazer um teste com o seu pet, eu sinceramente vou começar com o meu Zumba porque percebi que ele está ficando meio que enjoado da ração e só quer comer quando coloco alguma verdura e carne misturados na ração. No início vai ser mais trabalhoso, confesso, pois atualmente é só chegar em casa colocar a ração na vasilha dele e pronto, onde agora aderindo a essa novidade terei que fazer um cardápio específico para ele, mas acredito que será melhor para o Zumba, ele ficará mais feliz na hora da refeição.

(Imagem do Google)

                     Eu não sou a favor daquela Alimentação Natural que só inclui legumes – até porque sabemos que cães são carnívoros - o que vou fazer com o cardápio do Zumba é mudar para legumes e carne cozida ou assada no forno, arroz e um bom cuscuz pra fazer valer a pena ser nordestino – rsrsrs ele come que é uma beleza! - conversei com o Drº Jhonatas Gueiros e ele me falou que não há problema algum, desde que eu também pelo menos uma vez por semana ofereça um osso pra ele poder absorver cálcio e fortalecer os ossos para uma velhice saudável, além de favorecer a saúde dentária ajudando a retirar o tártaro, Drº Jhonatas também fortaleceu a questão da carne ser assada no forno ou cozida, pois carne assada no óleo com a frigideira da maneira mais tradicional absorve uma grande quantidade de gordura podendo prejudicar o colesterol do cãozinho.
     

                O mais importante é você saber o que seu pet realmente gosta, se ele ficará feliz com essa nova alimentação. Faça testes e se você por acaso perceber que a ração ainda é o melhor para saciá-lo, continue com a ração, caso contrário, mude a alimentação do seu cãozinho em favor da felicidade dele, mas sem esquecer de cuidados necessários para não prejudicar o organismo dos cães que são bem diferentes dos nossos, não esqueça que temperos não são indicados para eles, inclusive os que têm teor de sódio muito alto. Sal, pimenta, cebola, alho e outros tipos de tempero podem ser tóxicos, por isso, muito cuidado gente, encontrei um site específico sobre AN onde vocês podem se informar ainda mais sobre alimentos proibidos  clica aqui óh .

(Imagem do Google)

         Boa sorte para nós e nossos peludos!

quarta-feira, 18 de maio de 2011

INCENTIVAR A ADOÇÃO É TUDO DE BOM

Foto: Philippe Lima/AgNews

           Tenho percebido o quanto está em evidência nas mídias nossos cãezinhos, já reparou? Eu estou bem feliz com isso, pois a chance de aumentar o número de pets adotados fica cada vez maior. Famosos estão se envolvendo em campanhas em prol dessa causa.

Foto: Philippe Lima/AgNews

A apresentadora Xuxa Meneguel participou de um evento na zona oeste do Rio de Janeiro, lá ela ganhou o novo título de madrinha da campanha mundial “Adotar é tudo de bom” da Pedrigree.
           
           Parabéns a rainha dos baixinhos que agora também fica sendo a rainha dos nossos au-aus!

Foto: Philippe Lima/AgNews
               Eu e meu marido adotamos o Zumba e somos muito felizes por isso também, o olhar de gratidão que ele tem é algo emocionante. Para o incentivo à adoção de cães abandonados, vale a pena postar aqui mais uma vez o vídeo do Zumba para quem ainda não viu, aproveito para destacar também que a postagem mais acessada no nosso blog Amor em Latidos é justamente a dele: "A HISTÓRIA DE UM ZUMBI QUE VIROU CACHORRO".



sábado, 14 de maio de 2011

PRA DAR BOAS RISADAS!

               Gente, estava olhando uns vídeo no youtube e achei uns com cães muito engraçados. Quero dividir com vocês boas risadas!

1 - Cachorro e bebê apostam corrida engatinhando:


2 - Bebê e cachorro se divertem com bolhas de sabão:


3 - Tadinho do cachorro não entende porque a estátua não brinca: 


              Gostaram? Eu dei boas risadas com todos, em especial com o segundo com aquela bebê fofa e linda! *-*

CUIDADOS COM O PET NESSE INVERNO

Fala sério que não está nada confortável essa roupa no cãozinho né? (Imagem do Google)

          Chega o inverno e aquele friozinho que muita gente gosta e estava morrendo de saudades, daí logo pensamos no nosso pet. Como fica a situação dele hein?
                
           Bom, muitas pessoas exageram na hora de querer proteger seu cão com acessórios que vamos confessar gente, chega a ser falta de bom senso. É questão de saúde mesmo! Por exemplo: um cachecol no animal pode causar um acidente, quando o cãozinho tentar de desvencilhar do acessório porque incomoda e você não estiver por perto, ele pode se enforcar. Por isso, muito cuidado! Os cães já têm pelagem para protegê-los, algumas raças com pêlo suficiente para não sentir frio, já outros com pelagem curta podem sofrer com a baixa temperatura, daí é onde temos que protegê-los sim, mas sem esquecer de tomar alguns cuidados.

Tadinho! Pela carinha não está nada satisfeito. (Imagem do Google)
             O que podemos fazer é agasalhá-los com roupas não tão quentes. Observe também se a roupa não está atrapalhando os movimentos do cão, se você perceber que ele está incomodado não insista, pois alguns pets não têm disposição para o uso de roupas e isso pode causar um “coça-coça” tremendo.
            

             Mas vamos lá para as dicas:

- Evite tecido sintético, este pode causar alergia.
- Tecido de algodão ou malha macia são os ideais.
- Não coloque sapatos nos cãezinhos, isso fará ele perder o tato.
- O ideal é que fiquem dentro de casa ou no quintal protegidos da chuva, friagem e ventos.
- Cuidado ao saírem com o carro, observe se o animal não está embaixo. Eles costumam fazer isso porque sentem o local quentinho.
- Cuidado com seu cão “fujão”, o olfato no inverno sofre uma diminuição na sensibilidade e ele pode se perder por não sentir o cheiro do caminho de casa.
- Se for dar banho em casa no seu pet, cuidado com a temperatura da água para não causar queimaduras na pele no animal.
- Os filhotes com idade de até dois meses, não possuem capacidade eficiente de manter a temperatura corporal, por isso, exigem mais cuidados. O mesmo para os idosos.

São tantos assim nas ruas ):

             A natureza já propiciou agasalho suficiente para nossos pets. Nosso blog é direcionado para cães, mas quero colocar aqui em destaque tantos seres humanos que sofrem com o inverno. São milhares de crianças, jovens, adultos e idosos que não têm como se proteger das baixas temperaturas, por isso, vamos doar roupas de frio nas igrejas, orfanatos ou até mesmo em hospitais onde essas pessoas buscam abrigo. Procure saber em sua cidade sobre as campanhas de agasalho, onde você pode doar, faça uma ação entre visinhos, amigos e parentes! Vamos nos mover para amenizar o sofrimento de milhares de pessoas. 
            Aqueça os corações nesse inverno!


sexta-feira, 13 de maio de 2011

COMO AGIR COM UM CÃO ANTI-SOCIAL

Meu Zumba... infelizmente é anti-social, mas isso, só em casa porque fora ele é diferente, não sei porquê.

                Com o título, pergunto: O problema somos nós donos ou o instinto do animal?
                
              Estive lendo muito a respeito da psicologia para cães com o mestre César Millan (O Encantador de Cães), é realmente lógico que o problema de comportamento com os nossos pets dependem exclusivamente de nós.

                Se pegarmos um cãozinho desde filhote e “colocamos” maus hábitos nele, é óbvio que será um cão problemático no futuro. Apegamos-nos a uma imagem de um bichinho lindo, fofo, engraçado, indefeso... e de repente, estamos sendo escravos do mal comportamentos deles. Quantas vezes você passou por maus bocados com seu pet? Eu não conto as vezes que tenho que repreender  Zumba quando chega alguma visita em casa, tenho que segurá-lo, brigar, falar que não pode agir assim, mas aí é onde está o problema que o César estava falando: Nós humanos, por sermos muito apegamos aos cães, achamos que eles são conscientes do que estão fazendo, que podem entender apenas um: - Ei! Não faça isso!
                O grande problema na maioria das situações é: NÓS DONOS. Pois é gente! Acho que o adestramento em alguns casos é conosco - rsrsrsrs -, vamos mudar isso. No vídeo abaixo, César Millan ajuda uma família com um cãozinho da raça maltês – vejam do que é capaz um ser de apenas um quilo  – a mudar o que há nove anos eles vinham passando com Bubba.




               Aprendeu? Depois que eu assisti a esse vídeo percebi o quanto fui errada com Zumba e também com outros cães que tive e hoje moram com minha mãe, a Lara e a Lili. 



sábado, 7 de maio de 2011

MAUS TRATOS: DENUNCIE!


Maltratar animal é crime!
             
             Muitos não sabem, mas podemos tomar uma atitude que pode diminuir os casos de violência com animais: DENUNCIANDO! Isso gente, vamos tomar essa atitude para ajudar tantos bichinhos que sofrem com maus tratos. Por muitas vezes presenciamos violência com cães, gatos, cavalos e muitos outros animais na rua e ficamos sem saber como agir. A primeira reação é de indignação, já discuti muito ao presenciar isso e ficava sem saber onde denunciar.
                Agora sei o que fazer quando presenciar um fato novo – não que eu queira, gostaria muito que não houvesse – e não ficar apenas indignada. Segue abaixo dois links pra vocês também se informarem melhor a respeito das leis:


             O primeiro passo para uma denúncia é a investigação, colha materiais que possam servir como provas na hora de denunciar. Procure uma delegacia mais próxima e faça um Boletim de Ocorrência (BO), citando o artigo 32: "Praticar ato de abuso e maus-tratos à animais domésticos ou domesticados, silvestres, nativos ou exóticos ", da Lei Federal de Crimes Ambientais 9.605/98. Caso o delegado recuse, cite o artigo 319 do Código Penal, que prevê crime de prevaricação: receber notícia de crime e recusar-se a cumpri-la. Se por acaso você perceber que está demorando muito ou que está havendo omissão no caso, procure diretamente o Ministério Público Estadual e faça uma carta registrada, detalhando a situação que o animal encontra-se, o Distrito policial e o nome do delegado que atendeu você. Nesse caso, não há necessidade de advogado – fique tranqüilo, você não irá gastar grana nenhuma com advogado rsrsrs -, você pode enviar a carta por fax ou ir pessoalmente ao MP. Procure o MP do seu estado acessando: www.redegoverno.gov.br
                
            Dá trabalho? Não gente, sei que o dia-a-dia de todo mundo está mega lotado de atividades. Mas se não reservarmos um tempinho para cuidar dos bichinhos que amamos e são inocentes neste mundo, esse cenário não irá mudar nunca. Portanto, já sabem: DENUNCIAR! Pois o nosso silêncio é tudo o que um criminoso necessita para continuar maltratando esses seres indefesos.
                
             Vamos à luta contra os maus tratos a animais? Conto com vocês!

(Imagem do Google)

(Imagem do Google) DENUNCIE!

(Imagem do Google)

Campanha do Governo Federal

(Imagem do Google)

             Eu confesso que estou com o coração partido encerrando esta matéria. Não tive coragem de postar imagens de maus tratos que vi no site de pesquisas Google. Não podemos ficar parados! Vamos denunciar!



quinta-feira, 5 de maio de 2011

CINTO DE SEGURANÇA PARA CACHORRO

Lindo e seguro! (Imagem do google)


                    Perdoem-me a ausência, quem sabe o que é ser publicitária e dona de casa irá me entender perfeitamente – rsrsrs -. Gente, estive pesquisando sobre cintos de segurança para nossos bichinhos lindos. Ouvimos muito falar e sabemos da importância que o cinto de segurança tem pra nós seres humanos. Mas, e nossos pets? Eles passeiam conosco no carro e amam ficar na janela recebendo aquele ventinho na cara. Precisamos pensar na segurança deles também.
                Muitos animais morrem em acidentes de carro por justamente não terem nenhuma segurança e com o impacto são arremessados pela janela dos automóveis. Vamos proteger nossos amores peludos que nos trazem tanta felicidade, nos acompanham em viagens e são verdadeiros companheiros.
                O cinto de segurança para cachorro, você pode encontrar em Pet Shops de grandes cidades ou pela internet. Pesquisando, achei no site de compras Mercado Livre, por um preço mais baixo: http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-177828047-cinto-de-seguranca-para-cachorro-tamanho-p-_JM
                
                   Vamos proteger nossos amigos peludos? 

Só pra descontrair rsrsrs, que lindo né? Tadinho! (Imagem do google)

quinta-feira, 28 de abril de 2011

NA DELEGACIA POR AMOR!

Foto: Clemilson Campos / JC Imagem

          Um fato que vem emocionando muitas pessoas que amam cães é o do Lost – perdido em inglês – ele passou 20 dias em frente a uma delegacia no Recife, esperando pelo dono que está preso em flagrante por furto. O cãozinho já não comia há dias e ninguém conseguia animá-lo.
            Um canal de TV noticiou o fato que repercutiu em todo o estado de Pernambuco. Em apenas um dia, cerca de 20 pessoas entraram em contato com a delegacia para tentar adotar o animal. No site do JC Online, encontrei um depoimento de um comissário: “A família do preso ainda tentou levá-lo duas vezes e ele voltou. Não é agressivo com ninguém. Passa o dia todo aí, deitado perto do elevador, como se estivesse esperando pelo dono”, contou o comissário Valdemir Barros. “A gente já pensou até em levar ele para visitar o dono no Cotel, para ver se fica mais alegre. Chega um, brinca. Chega outro, dá comida. Mas não tem jeito. Ele só se levanta de vez em quando e depois volta”, completou.
            
           Lendo ontem o jornal do commércio, fiquei contente e aliviada, pois graças a Deus, como em contos de fada essa história teve um final feliz. Uma dona de casa que ama cachorros foi até a delegacia e adotou o Lost. Segundo especialistas em comportamento animal, os cães sofrem com a ausência dos donos, mas afirmam que se tiverem carinho, atenção e um lar feliz, em poucos dias conseguem se adaptar e serem felizes novamente.
            
          Lindo esse ato de adoção! Mais um exemplo para todos nós. Desejo que o Lost seja bem feliz junto a nova família.

segunda-feira, 25 de abril de 2011

ANSIEDADE CANINA

Eles sofrem com isso. (Imagem do google)

        Você já não agüenta mais sair de casa, deixar seu pet sozinho e ao chegar encontra roupas suas espalhadas, almofadas roídas, ração espalhada e um cãozinho triste e totalmente dependente de você, né? Pois é gente, isso se chama: ANSIEDADE CANINA. E é grave! Temos que tratar disso com urgência.         
Muitos são os fatores que deixam nossos pets ansiosos, principalmente pela domesticação que avança cada vez mais. Desde seus ancestrais, os lobos, os cães são orientados por uma vida em grupo, daí o motivo por tantos problemas de comportamento quando os deixamos sozinhos. Em uma pesquisa pela internet, encontrei um vídeo do Dr. Pet que fala exatamente sobre esse problema. Veja abaixo:

PARTE 01:
PARTE 02:
PARTE 03:

Como podemos perceber através do vídeo, o Dr. Pet nos orienta a ajudá-los a não serem tão dependentes nossos. É importante que nossos cães sintam que podem ser felizes sem que estejamos com eles o tempo todo, pois a ansiedade canina pode causar sérias conseqüências a eles como vimos no vídeo.

A leitora do blog, Suzane, mora em recife e tem uma cadelinha poodle de 07 anos, a Belinha, ela sofre com a ansiedade. Quando Suzane sai para a faculdade à noite, Belinha não deixa ninguém se aproximar nem para fazer um carinho, ela pega uma peça de roupa da Suzane e não larga até que a dona chegue.

Querida Suzane, o que seria ótimo para a Belinha, é aquele brinquedinho que o Dr. Pet indica com garrafa plástica, feito por você, assim o seu cheiro ficará na garrafa e enquanto você sair de casa a Belinha brinca, tentando tirar o petisco de dentro da garrafa. Dessa forma, alivia a ansiedade e ela vai percebendo que existem coisas legais para serem feitas distantes de você também. Aos poucos vai acabando a total dependência que a Belinha sente.

Belinha, triste porque Suzane não estava em casa.

Para encerrar, quero destacar aqui a frase que o Dr. Pet falou no final do vídeo e que me fez refletir bastante: “Procure estimular a independência de quem você ama”. Isso é realmente valioso, seja em um relacionamento com nossos pets ou entre nós seres humanos. Dependência não é bom pra ninguém!


Nosso email:  amoremlatidos@gmail.com